1- Medo

2 - Preocupação excessiva com o bem-estar dos outros
3 - Falta de interesse pelas circunstâncias
4 -Supersensibilidade a influência e Opiniões

5 - Solidão

FLORAIS DE MINAS

MADRESSILVA (LONICERA CAPRIFOLIUM)

Para as personalidades presas a acontecimentos passados; para aqueles cuja passagem do tempo e as distâncias sempre lhes trazem dor. São em geral indivíduos conservadores, nostálgicos e saudosistas e não perdem a oportunidade para fazerem recordações. Eles pensam que jamais poderão ter a vida que tiveram outrora.
Muitas pessoas apresentam um envelhecimento facial precoce, que procuram ocultar, da mesma forma como o fazem com a própria idade. Não aceitam o envelhecimento e a morte, e relutam com as separações, mesmo temporárias. Sentem arrependimento por oportunidades perdidas, principalmente no aspecto afetivo. São sentimentais, românticos e se apegam fortemente aos seus entes queridos. Supervalorizam os sentimentos e então podem se deprimir com os percalços naturais da convivência afetiva.

A Madressilva é útil nos estados temporários de menopausa e andropausa. Pode ajudar bastante àqueles que sofrem com as separações, as viúvas, velhos em asilos, órfãos, presos, hospitalizados e solitários em geral. O bloqueio energético traz, além das depressões físicas e psíquicas, toda a sorte de retenções líquidas e de sinalização no corpo. A individualidade fica sujeita a hidropisia, inchaços dos membros inferiores, patologias renais, hipertensão, obesidade, enfisemas, bronquites, asmas, gripes, resfriados e desvitalizações. Por outro lado o enrijecimento corporal, em suas várias vias de expressão, reflete a cristalização da alma apegada ao passado. Enquanto a disposição colérica afeta o eu no presente de seus problemas, predispondo o sistema metabólico às desarmonias, a índole melancólica do tipo Madressilva abala mais frequentemente o sistema neuro-sensorial e os seus elos rítmicos, os sistemas circulatório e respiratório.
A flor da Madressilva ajuda a resgatar na alma a capacidade de mudanças e de estabelecimento de novas ligações com eventos, locais e pessoas do presente.

A Madressilva é um arbusto trepador que abraça fortemente sua árvore como a um amante, parecendo querer estabelecer vínculos eternos de amor. Se desenvolve com peculiar vigor quando nas beiradas de rios e córregos, onde parece apreender da águas correntes a noção de transitoriedade das coisas terrenas, cultivando ainda a renúncia altruísta e sublimando a saudade humana da saudade da pátria celestial.

 

Fontes de consulta:

O Tarô - Das correlações arquetípicas à função terapêutica - Ednamara Batista Vasconcelos e Marques.

As Essências Florais de Minas - Síntese para uma Medicina das Almas - Dr. Breno Marques da Silva e Ednamara Batista Vasconcelos e Marques.

Fitoflorais uma combinação sinérgica de florais e fitoterapia - Dr. Breno Marques da Silva e Ednamara Batista Vasconcelos e Marques.

Criatividade e Espiritualidade seguindo os passos de " A Profecia Celestina" - Dr. Breno Marques da Silva e Ednamara Batista Vasconcelos e Marques.

Astrologia Comportamental e as Essências Florais de Minas - Jaime S. Y. Camaño

A Astrologia e os Remédios Florais do Dr. Bach - Peter Damian

Dicionário dos Remédios Florais do Dr. Bach - aspectos Positivos e Negativos - T. W. Hyne Jones



6 - Desalento, o Desconforto e o Desespero
7 - Incerteza ou Indecisão

Artigos

As páginas da Magnífica® não enviam executáveis, anexos ou downloads.

E-MAIL - sbayub@gmail.com

Estilo Net - Direitos Reservados