NÚMERO DA ALMA

PERSONALIDADE EXTERIOR

LINHA DO DESTINO

 

NUMEROLOGIA

Muitas pessoas confundem numerologia com uma arte divinatória, que visa adivinhar a personalidade e os períodos de vida do Ser, na realidade a numerologia é o estudo das influências e qualidades místicas dos números. Segundo a numerologia, cada número ou valor numérico é dotado de uma vibração ou essência individual e indicaria tendências de acontecimentos ou de personalidade, apesar de não haver qualquer evidência científica de que os números apresentem tais propriedades.

O filósofo grego Pitágoras é considerado por alguns numerólogos o pai da numerologia, apesar de não haver qualquer relação entre os cálculos que formam o mapa numerológico e o filósofo grego. Na verdade a numerologia é uma derivação da Gematria, um ramo da Cabala, que utiliza o alfabeto hebraico como base. A numerologia seria então uma adaptação dos princípios da Gematria para o alfabeto romano.

A numerologia era conhecida e utilizada pelos fenícios, babilônios, egípcios, gregos, romanos, chineses, árabes e caldeus; e ensinada e praticada com êxito desde os mais remotos tempos e até os dias atuais o homem continua usando os números como meio de acesso ao conhecimento que está além de sua mente racional.
O objetivo desse estudo é o autoconhecimento para o melhor aproveitamento dos potenciais latentes e sabermos quais as nossas necessidades principais.
Só quando essas necessidades são atendidas de modo satisfatório é que podemos ter um convívio melhor com a vida. A Numerologia nos dá essa possibilidade de aproveitar melhor os nossos potenciais, compreendendo e trabalhando as nossas fragilidades.
Sem a pretensão de ensinar ou dar algum curso apresento a vocês um pouco de numerologia.

1. REPRESENTA O PRINCÍPIO MASCULINO, o “Yang”. É o prisioneiro tomado o seu próprio rumo na busca das experiências que estabelecerão sua energia pura, positiva, original e criativa, em estado de movimento perpétuo.
Uma vez que o 1 estiver sozinho e está imbuído de muita energia criativa, deve decidir como usar essa energia. Necessita assumir o comando e ter coragem de manter sua direção sem medo de oposição.
O 1 é o verdadeiro EU SOU da humanidade, a unidade de tudo, a unidade de medição vibracional. É a autoconsciência.

2. É O PAR, o duo. Mutável e adaptável pode também ser indeciso. É o agente, o intermediário, o diplomata e o pacificador, pois a unidade só pode ser alcançada através do encontro das mentes, um compromisso em cada lado.
O 2 representa o princípio feminino da receptividade, o “Yin”, que procura a união de duas entidades distintas. É o período de gestação, no qual as coisas começam a se formar. Procura um equilíbrio entre as forças se opõe e, por esse motivo representa a cooperação, a ligação e a parceria. É o pacificador, com atenção ávida para o detalhe. As características maternais, pacientes e sensitivas dos 2 levam-no a sempre colocar os outros em primeiro lugar.Tem como objetivo a união, não a separação; por isso, é obediente e compreensivo para com os outros. Procura, sobretudo, a harmonia e a assimilação.

3. COMBINA AS QUALIDADES de 1 e 2. É uma vibração fascinante e diversificada, contendo as qualidades da manifestação e da auto- expressão. 3 é a necessidade de comunicação e de se envolver na pura alegria de viver. Através da sua exuberante reação a vida, o 3 é radiante e transmite entusiasmo a todos. 3 é o extrovertido, cujo magnetismo pessoal atrai outros e os inspira a se expandirem e a crescerem. É o ator que possui uma apreciação inata pelo prazer, romance, arte e beleza. A sua imaginação criativa permite que tudo seja possível; por esse motivo, é envolvido em muitas emoções e experiências. O 3 é amigável e expansivo, empenhando-se na sociabilidade. Se qualquer um dos números pudesse ser chamado de “despreocupado”, seria o efervescente 3.

4. É A ESTABILIDADE uma consciência franca, o símbolo da lei, do sistema e da ordem. É a firmeza, a segurança, a estabilidade e o conservantismo. É o construtor que necessita submeter-se a coisas terrenas, onde a forma e a sustância são os elementos predominantes. 4 é a natureza e relacionar-se á Terra. A formação do mundo se deu no quarto dia, segundo a história bíblica da criação.
O 4 é ordeiro, desenvolve uma natureza prática e, através da autodisciplina, compromete-se a um exercício rotineiro e convencional da sua energia.

5. É A LIBERDADE, a mudança e a aventura. A curiosidade e a atividade constante produzem uma entidade desembaraçada, adaptável e versátil, sempre pronta a enfrentar um risco.
Uma vez que o 5 é o ponto central do ciclo de 1 a 9, representa a tomada de decisão. Encontra-se agora com muitas oportunidades e variedades de experiências, através das quais obterá as informações de que necessita para tomar essa decisão.
O 5 está envolvido em muita interação superficial com grupos e multidões. Devido às suas experiências variadas do passado, é o promotor e propagandista natural, fluente na comunicação, com um pouco de conhecimento a respeito de tudo, e o desejo de viajar para lá e para cá, a fim de transmiti-lo.

6. É O CONSCIENCIOSO; deseja proporcionar a harmonia, a verdade, a justiça e um sentido de equilíbrio em seu ambiente. O amor e a compaixão são as coisas mais importantes em sua mente e, por esse motivo, poderá ser um instrutor eficiente, um conselheiro ou curador.
O 6 deseja um companheiro íntimo, um casamento, um lar e uma família e serviço à comunidade seguem-se naturalmente. O 6 se acomoda, combinando-se com o elemento conservativo da comunidade, onde pode criar melhores padrões de vida. Talentoso nas artes, pode também expressar seu potencial criativo através do seu desenvolvido senso de equilíbrio e tornar-se bom artista em se campo próprio e único.

7. PROCURA RESPOSTAS. Tenta estabelecer uma filosofia de viver e penetrar o mistério da sua existência, que antes nunca tinha questionado. Uma vez que a solidão é necessária para a análise, o 7 sente a necessidade de ficar só, longe de multidão e em contato com a natureza. Procura fazer amizades com aqueles de consciência elevada e que combine com a sua.
Todas as coisas repousam sob o 7, pois necessitam de tempo para pensar.
Dispõe do tempo livre para dedicar-se a interesses filosóficos e metafísicos. O pensamento perfeito é a meta do 7, motivo pelo qual é chamado de número sagrado. É também o motivo de cientistas, filósofos, professores, místicos e o clero se enquadrarem sob essa influência. O lado físico do 7 também se relaciona à saúde do corpo, que é sensibilizado através desta vibração .

8. ASSUMIRÁ O PODER, pois agora conseguiu o controle e a responsabilidade no campo escolhido. São-lhe concedidas recompensas financeiras, e acontece a expansão e o crescimento no mundo dos negócios.
O poder é a qualidade associada ao 8. O fervor, o zelo, a firmeza e a habilidade da ampla visão, conferem-lhe a ambição e as qualidades necessárias para alcançar metas materiais. O 8 possui a energia para superar todos os obstáculos e eventualmente obter sucesso através da habilidade e da perseverança. O 8 pode agora seguir rumo ao ponto mais alto com as idéias e planos formulados gradualmente durante os últimos sete ciclos. Através de padrões justos e éticos, alcançará reconhecimento e poder .

9. É ABNEGAÇÃO e compaixão. Abarcando um amor por todos, deseja aplicar sua energia no serviço universal. Faz uso de uma visão impessoal, mas justa, generosa, benevolente e paciente a respeito da vida. É o artista e pensador que desenvolveu talentos nos ciclos precedentes e que agora está pronto para compartilhar o seu conhecimento como resto do mundo.
Agora no ciclo da conclusão, alcançam a compreensão total e toleram os pontos de vista e preconceitos de outros.
O 9 está pronto para devolver ao universo alguma parte daquilo que aprendeu através dos oito passos anteriores do ciclo. A lei do ciclo não permite desperdícios e exige que aquilo seja aplicado se expresse como resultado. Quando isso é feito prontamente, a realização experimentada sob o 9 traz somente alegria com o dom da vida, e a liberdade para entrar desimpedido no ciclo seguinte.

Os números pessoais são determinados pelos números da sua data de nascimento e pelas letras do seu nome que recebe ao nascer. Para chegar á vibração numérica dos nomes, de cada letra do alfabeto possui um valor numérico: A é 1; B é 2; C é 3; e assim por diante, até Z, que é 26.
Para trabalhar com o valor das letras depois do I. que corresponde ao 9 reduzimos o valor para um só digito. Por exemplo, L corresponde ao 12. Reduzimos o 12 somando o primeiro dígito ao segundo, ou 1 + 2 = 3. O número 12 é então expressado como 12/3. A letra T corresponde ao 20. Reduzimos o 20 somando o primeiro dígito ao segundo, ou 2 + 0 = 2. O número 20 é então escrito como 20/2.

A tabela abaixo indica o valor numérico de cada letra do alfabeto:

A
B
C
D
E
F
G
H
I
1
2
3
4
5
6
7
8
9
  
J
K
L
M
N
O
P
Q
R
10/1
11/2
12/3
13/4
14/5
15/6
16/7
17/8
18/9
  
S
T
U
V
W
X
Y
Z
19/1
20/2
21/3
22/4
23/5
24/6
25/7
26/8



LIÇÃO DA VIDA = Soma da data de nascimento=>>O que estamos para fazer aqui

NÚMERO DA ALMA = Soma das vogais
Quem a pessoa é

EU ÍNTIMO EU = Soma das consoantes
O sonho, o que a pessoa quer na vida

Bibliografia: A Numerologia e o Triângulo Divino - Faith Javane e Dusty Bunke

As páginas da Magnífica® não enviam executáveis, anexos ou downloads.

E-MAIL - sbayub@gmail.com

Estilo Net - Direitos Reservados