TARÔ MITOLÓGICO

As origens das cartas do Tarô ainda são muito vagas e obscuras a despeito de inúmeros livros e artigos que vêm ao longo do tempo tentando iluminar as 
trevas que o circundam.
Na realidade as cartas do Tarô não são "ocultas" ou sobrenaturais ou mágicas no exato sentido da palavra; isso quer dizer que as cartas não representam nada além da psique humana, que contém coisas muito profundas, sobre as quais muito pouco sabemos, e parecem estar ligadas ao mundo externo por meio de algum significado.
Do ponto de vista simbólico, as figuras designam aspectos da alma humana, essenciais ao aprendizado do homem. As figuras revelam as virtudes e os vícios, 
as oportunidades e os desafios, o dharma e o kharma.
Todas as cartas dos Arcanos Maiores são ritos de passagem.
São estágios e processos dinâmicos e não simplesmente quadros estáticos 
que permanecem inalterados.
 
As figuras tradicionais que compõem o grupo são:
LOUCO
MAGO
IMPERATRIZ
IMPERADOR
SACERDOTISA
HIEROFANTE
ENAMORADOS
CARRO
JUSTIÇA
TEMPERANÇA
Louco
Mago
Imperatriz
Imperador
Sacerdotisa
Hierofante
Enamorados
Carro
Justiça
Temperança
FORÇA
EREMITA
RODA DA FORTUNA
ENFORCADO
MORTE
DIABO
TORRE
ESTRELA
LUA
SOL
Força
Eremita
R. Fortuna
Enforcado
Morte
Diabo
Torre
Estrela
Lua
Sol
JULGAMENTO MUNDO
Julgamento
Mundo
Leitura

Todas essas análises e figuras foram extraídas do livro "O Tarô Mitológico" - Juliet Shaman- Burke e Liz Greene
Direitos para a língua portuguesa cedidos à Agência Siciliano de Livros, Jornais e Revistas Ltda.

As páginas da Magnífica® não enviam executáveis, anexos ou downloads.

E-MAIL - sbayub@gmail.com

Estilo Net - Direitos Reservados

eXTReMe Tracker