O Diabo (Pan, deus dos pastores e dos rebanhos)


Pan, o diabo, representa a servidão aos instintos da natureza. Sua imagem dentro de nós sugere algo que podemos temer como algo com o qual podemos encantar, ou seja, os impulsos sexuais e animais que consideramos maus, justamente por sua natureza compulsiva.
Essa carta indica que Pan não morreu, mas que na realidade foi relegado aos confins do nosso inconsciente, representando tudo aquilo que tememos, odiamos e desprezamos em nós mesmos e que, ao mesmo tempo, nos escraviza por meio desses temores e desgostos.
A carta do Diabo implica em bloqueios e inibições - quase sempre de ordem sexual e a necessidade de confrontação com tudo o que está oculto e vergonhoso na base da personalidade.

Todas essas análises e figuras foram extraídas do livro "O Tarô Mitológico" Juliet Shaman- Burke e Liz Greene

As páginas da Magnífica® não enviam executáveis, anexos ou downloads.

E-MAIL - sbayub@gmail.com

Estilo Net - Direitos Reservados